UOL Notícias Notícias
 
23/08/2010 - 08h44

Lula diz que falará por trabalhadores em eventual governo Dilma

SÃO BERNARDO DO CAMPO (Reuters) - O presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse na manhã desta segunda-feira, durante comício na porta da Mercedes-Benz em São Bernardo do Campo, que será um elo entre os trabalhadores e sua candidata à Presidência, Dilma Rousseff (PT), caso ela seja eleita nas eleições de outubro deste ano.

"Eu não serei apenas seu ajudante para fazer coisas melhores pra esse pessoal, mas também vou ajudar o pessoal a telefonar (para Dilma)", discursou o presidente, que entrega o cargo em 1o de janeiro do ano que vem.

Acompanhada, além de Lula, pelo candidato petista ao governo de São Paulo, senador Aloizio Mercadante, Dilma prometeu governar "olhando, cuidando e levando em consideração os direitos dos trabalhadores e das trabalhadoras deste país".

"Esse é o compromisso sagrado", disse a candidata em discurso a funcionários da montadora.

"Os governos têm de ter lado e o nosso lado é um só. É o lado do crescimento econômico com emprego", complementou a petista.

(Reportagem de Fernando Cassaro)

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    13h00

    0,32
    3,276
    Outras moedas
  • Bovespa

    13h06

    1,69
    63.719,43
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host