UOL Notícias Notícias
 
24/08/2010 - 11h58

No rádio, campanha de Dilma comemora números do Datafolha

SÃO PAULO (Reuters) - O programa de rádio da candidata do PT à Presidência, Dilma Rousseff, comemorou nesta terça-feira os resultados da pesquisa Datafolha que dá a ela 17 pontos de vantagem sobre José Serra (PSDB). A campanha tucana, por sua vez, ironizou a presença constante do presidente Luiz Inácio Lula da Silva ao lado da petista.

"Ela disparou, ninguém segura mais", disse um locutor do programa petista depois de mencionar os números do Datafolha, divulgados no fim de semana.

Segundo a sondagem, Dilma tem 47 por cento das intenções de voto, contra 30 por de Serra. Ainda de acordo com o Datafolha, Dilma venceria no primeiro turno com 54 por cento dos votos válidos.

"Os bichanos lá estão tudo de bico caído, batendo asa, voando", provocou o locutor, numa referência ao símbolo do PSDB, o tucano.

No programa, Dilma também foi chamada de "primeirona" por ter sido a primeira mulher a ocupar o Ministério de Minas e Energia e a Casa Civil da Presidência da República. "E será a primeira mulher presidente."

Nos minutos finais da propaganda petista, Lula voltou a assumir o papel de cabo eleitoral de sua ex-ministra. "Eu amo muito o Brasil, eu amo o meu povo. Não apoiaria para me suceder uma pessoa que eu não tivesse certeza de que vai ser uma grande presidente", disse.

Foi justamente nessa presença constante de Lula na campanha de Dilma que o programa de Serra mirou para alfinetar a principal adversária na corrida presidencial.

"Do jeito que ela anda pendurada em Lula, se ele se afastar ela cai", ironizou um dos locutores do programa de Serra.

"É, mas o povão não é bobo, não. Sabe quem é quem, quem sabe comandar de verdade, quem sabe decidir na hora que precisa decidir sozinho", respondeu um outro integrante da propaganda tucana.

A campanha do ex-governador paulista também trouxe o depoimento de uma eleitora, que afirmou morar em São José do Egito (PE), criticando a campanha petista.

"A gente vê o programa do PT mostrando navio, ponte, estrada que a gente não sabe nem onde fica. Já no Serra a gente vê uma preocupação com a saúde, com as crianças, com os idosos", afirmou.

(Por Eduardo Simões)

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,54
    3,265
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,36
    64.085,41
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host