UOL Notícias Notícias
 
04/10/2011 - 13h27

Gaddafi lutará na Líbia até o fim, diz ex-premiê

TÚNIS (Reuters) - O ex-primeiro-ministro de Muammar Gaddafi disse nesta terça-feira acreditar que o líder deposto segue na Líbia e que continuará lutando contra os novos líderes do país até o fim.

"Eu acho que Gaddafi... não deixou o país. Eu acredito fortemente, com base no meu conhecimento sobre ele, que ele está lutando com as suas armas e ao lado de seus homens", disse Al-Baghdadi Ali al-Mahmoudi, que está preso na vizinha Tunísia, em comentários passados à Reuters por seu advogado.

"Ele não vai desistir e ele não vai depor suas armas até o final", disse ele.

O ex-primeiro-ministro está preso enquanto as autoridades tunisianas consideram um pedido do Conselho Nacional de Transição da Líbia para a sua extradição.

"Estou pronto para cooperar com o Conselho de Transição, mas com a condição de que eles deixem de lado todos os pedidos de extradição e as campanhas negativas contra mim", disse ele.

"Espero ser parte da solução na Líbia, e não parte do problema."

(Reportagem de Tarek Amara)

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    17h00

    -0,92
    5,415
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    -1,23
    102.174,40
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host