Franceses não querem reedição da disputa Hollande-Sarkozy em 2017, diz pesquisa

PARIS (Reuters) - Quase três quartos dos franceses não querem nem o presidente francês François Hollande nem o seu antecessor, Nicolas Sarkozy, para concorrer à presidência em 2017 e estão ansiosos para ver caras novas, segundo uma pesquisa publicada neste sábado.

Cerca de 74 por cento dos entrevistados não querem um replay da última eleição presidencial em 2012, quando o líder socialista bateu o ex-presidente conservador, mostrou a pesquisa Odoxa para o jornal Le Parisien.

Mas o duelo ainda é um dos cenários mais prováveis, com nenhum dos potenciais rivais até agora reunindo apoio suficiente para levar chegar às eleições gerais do próximo ano.

Cerca de 88 por cento dos entrevistados disseram que a cena política francesa precisa de rejuvenescer, mostrou a pesquisa.

Entre os políticos que melhor encarnam a "renovação", o ministro da Economia Emmanuel Macron ganhou as opiniões mais positivas (55 por cento), seguido pelo político de extrema-direita Marion Marechal-Le Pen em 43 por cento e o ex-ministro conservador de Bruno Le Maire, com 36 por cento.

(Reportagem de Michel Rose)

((Tradução Redação São Paulo; + 55 11 5644-7712))

REUTERS AAP

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos