UE alerta que novas tensões no Oriente Médio são risco para esforço de paz na Síria

BRUXELAS (Reuters) - A responsável por política externa da União Europeia (UE) alertou neste domingo o ministro do Exterior iraniano que tensões renovadas entre o xiita Irã e a monarquia sunita da Arábia Saudita poderia arruinar os esforços para uma solução política para a crise síria.

Federica Mogherini disse em comunicado que ela havia conversado longamente pelo telefone com o ministro do Exterior do Irã, Javad Zarif, na manhã de domingo, depois que cenas de violência ocorreram no Irã, após a execução de um clérigo xiita pela Arábia Saudita.

Mogherini afirmou que ela e Zarif concordaram que nenhum esforço deve ser poupado por todas as partes para que se mantenha a situação sob controle e se evite o aumento das tensões sectárias.

"A comunidade internacional e os principais atores regionais estão trabalhando ativamente juntos para sustentar uma solução política para a crise na Síria e juntar forças contra grupos terroristas, e esses esforços não devem ser ameaçados por nova instabilidade”, afirmou.

Mogherini disse que ela havia sido informada da invasão por manifestantes à embaixada saudita em Teerã e das medidas tomadas pelas autoridades iranianas para acalmar a situação e proteger os diplomatas sauditas.

Mogherini também falou pelo telefone com o ministro do Exterior saudita, Adel al-Jubeir, reiterando a oposição da UE à pena de morte e manifestando preocupação com o risco de um aumento da violência sectária. 

(Por Philip Blenkinsop)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos