Investigadores da Fifa recomendam suspensão de 9 anos para Valcke

ZURIQUE (Reuters) - Investigadores da comissão de ética da Fifa recomendaram nesta terça-feira que o secretário-geral suspenso da entidade, Jérôme Valcke, seja banido do futebol por nove anos e multado em 100 mil francos suíços, o equivalente a cerca de 99 mil dólares, por violações éticas.

A câmara de investigação do comitê de ética da Fifa informou que concluiu sua investigações sobre Valcke e entregou os resultados ao órgão de ética.

A suspensão de Valcke por 90 dias por acusação de revenda de ingressos da Copa do Mundo terminaria nesta terça-feira, mas investigadores também recomendaram que o comitê de ética estendesse por mais 45 dias. Valcke nega qualquer ação irregular.

(Reportagem de Joshua Franklin)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos