Sauditas dão apoio a negociações sobre Síria apesar de disputa com Irã, diz enviado da ONU

GENEBRA (Reuters) - A Arábia Saudita acredita que as tensões com o Irã não devem tirar dos trilhos as negociações internacionais sobre a Síria, diálogo que têm uma nova rodada programada para Genebra neste mês, disse nesta terça-feira o enviado especial da Organização das Nações Unidas (ONU) à Síria.

A ONU estabeleceu a data de 25 de janeiro como meta para as negociações. No entanto, Damasco rejeitou um novo organismo de oposição formado para supervisionar as negociações, e a oposição quer ver medidas do presidente Bashar al-Assad para a construção de uma relação de confiança, uma exigência que poderia complicar os esforços para iniciar o diálogo.

Há preocupações de que as diferenças entre Riad e Teerã, que compareceram em negociações anteriores sobre a Síria e dão apoio a lados opostos na guerra, possam retardar a diplomacia para a paz.

O enviado Staffan de Mistura, em declarações feitas depois de se encontrar com o ministro do Exterior da Arábia Saudita, Adel bin Ahmed Al-Jubeir, e a oposição síria em Riad, disse haver uma determinação clara do lado saudita de que as atuais tensões regionais não iriam ter um impacto negativo para as negociações e para a continuação do processo político em Genebra.

De Mistura não caracterizou a posição dos opositores sírios na reunião, mas afirmou: “Não podemos desperdiçar este momento, apesar do que está ocorrendo na região.”

A Arábia Saudita, o Barein e o Sudão cortaram laços com o Irã, e os Emirados Árabes reduziram as suas relações na segunda-feira, depois que a embaixada saudita em Teerã foi invadida por manifestantes. O Kuweit chamou de volta o seu embaixador no Irã nesta terça-feira.

(Reportagem de Stephanie Nebehay; reportagem adicional de John Davison em Beirute)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos