Crescimento empresarial da zona do euro acelera em dezembro, mostra PMI

Por Sumanta Dey

(Reuters) - O crescimento do setor privado da zona do euro acelerou mais do que avaliado inicialmente em dezembro, uma vez que as empresas contrataram funcionários ao ritmo mais rápido em quase cinco anos, mostrou nesta quarta-feira a pesquisa Índice de Gerentes de Compras (PMI, na sigla em inglês).

A retomada na atividade, entretanto, aconteceu ao custo de empresas cortarem os preços de novo, mostrou o PMI do Markit, e os dados podem levar a renovados pedidos de mais estímulo pelo Banco Central Europeu (BCE).

"Dado que temos visto quase um ano de 'quantitative easing', há uma preocupação de que a política esteja se mostrando um tanto quanto ineficaz", disse o economista-chefe do Markit Chris Williamson.

O PMI do setor de serviços do bloco ficou em 54,2 em dezembro, inalterado ante novembro mas acima da preliminar de 53,9. Isso ajudou a levar o PMI Composto final à máxima de quatro meses de 54,3 ante 54,2 em novembro, acima da estimativa anterior de 54,0.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos