Polícia alemã diz que pacotes em gabinete de Merkel não representam ameaça

Em Berlim

  • Michael Sohn/AP

    Policial carrega caixa de correspondência diante da sede do governo alemão, em Berlim, na Alemanha

    Policial carrega caixa de correspondência diante da sede do governo alemão, em Berlim, na Alemanha

A polícia alemã declarou que os pacotes suspeitos encontrados do lado de fora do gabinete da chanceler Angela Merkel, nesta quarta-feira (6), no centro de Berlim, não representam qualquer ameaça.

"Especialistas não encontraram nada suspeito", disse um porta-voz da Polícia Federal da Alemanha.

O gabinete de Merkel fora isolado pela polícia mais cedo nesta quarta para verificar um pacote suspeito, à medida que ministros se reuniam para uma reunião ministerial no prédio.

Os ministros realizaram a reunião de rotina normalmente depois que a polícia isolou a área no entorno da Chancelaria.

De acordo com testemunhas, quatro caixotes plásticos amarelos dos correios foram deixados do lado de fora da entrada do gabinete.

Em 2010, a polícia interceptou um pacote com explosivos enviado da Grécia para o gabinete de Merkel.

A Europa iniciou 2016 sob elevado estado de alerta, sete semanas após militantes islâmicos terem matado 130 pessoas em ataques a tiros e atentados suicidas em Paris.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos