Homem morto a tiros em Paris carregava bandeira do Estado Islâmico, diz procurador

  • BENOIT TESSIER

PARIS (Reuters) - Um homem morto a tiros em uma delegacia em Paris, nesta quinta-feira, carregava um celular e uma folha de papel com a bandeira do Estado Islâmico e declaração com reivindicação de responsabilidade escrita em árabe, disse o procurador de Paris em um comunicado.

"Um telefone celular e um pedaço de papel, no qual aparece a bandeira do Estado Islâmico e uma reivindicação escrita em árabe, foram encontrados com o indivíduo", disse François Molins.

Molins afirmou ainda que dadas as circunstâncias, o evento será investigado como incidente terrorista.

(Reportagem de John Irish)

((Tradução Redação Rio de Janeiro; 552122237141)) REUTERS CS MPP

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos