Atiradores abrem fogo em hotel no Egito e ferem turistas estrangeiros

Por Ahmed Mohammed Hassan

CAIRO (Reuters) - Homens armados abriram fogo na entrada de um hotel no balneário egípcio no Mar Vermelho de Hurghada nesta sexta-feira, ferindo dois turistas estrangeiros, disseram fontes de segurança.

Um dos feridos é da Dinamarca e o outro da Alemanha, disseram as fontes. Forças de segurança repeliram o ataque depois de matarem os atiradores, que usavam um cinto com explosivos.

Os agressores chegaram pelo mar para lançar o ataque ao Bella Vista Hotel, que fica na praia, disseram as fontes de segurança.

O grupo militante Estado Islâmico afirmou na sexta-feira que um ataque contra turistas israelenses no Cairo na quinta foi promovida por membros do grupo, em resposta a um chamado do líder do grupo, Abu Bakr al-Baghdadi, de atacar judeus "em todos os lugares".

Fontes de segurança afirmaram que os turistas eram árabes israelenses. Ninguém ficou ferido, e as autoridades egípcias disseram que os ataques tiveram como alvo forças de segurança.

Em 31 de outubro, um avião de passageiros russo caiu no Sinai, matando todas as 224 pessoas a bordo, a maioria delas turistas que voltavam do balneário de Sharm al-Sheikh, no Mar Vermelho.

(Reportagem adicional de Ali Abdelaty e Michael Georgy)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos