Explosão mata dois guardas paquistaneses no sudoeste do país

QUETTA, Paquistão (Reuters) - Dois guardas-costeiros paquistaneses foram mortos neste sábado quando uma bomba explodiu sob o veículo em que se encontravam, disseram policiais. O incidente ocorreu em uma cidade do sudoeste da nação, uma região que nos últimos anos vem enfrentando violência separatista.

A explosão, que também feriu três guardas, destruiu completamente o veículo durante a patrulha nos subúrbios de Jewani, na província do Baluchistão, disseram policiais. Nenhum grupo reivindicou a autoria do ataque.

Jewani fica no distrito de Gwadar, cujo porto é a ponta final de um corredor comercial de 46 bilhões de dólares proposto pela China, do Mar Arábico até a região chinesa de Xinjiang.

Grupos separatistas do Baluchistão, uma das províncias mais pobres do Paquistão, realizaram campanhas violentas na última década, dizendo que o governo falhou em desenvolver a região e pilhou seus recursos naturais.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos