México pretende atender a pedido de extradição dos EUA para "Chapo" Guzman, dizem fontes

CIDADE DO MÉXICO (Reuters) - O governo do México pretende atender a uma solicitação dos Estados Unidos de extraditar o traficante recém-recapturado Joaquin "Chapo" Guzman para enfrentar acusações de tráfico de drogas, afirmaram neste sábado fontes envolvidas no caso.

A Procuradoria Geral do México irá trabalhar o mais rápido possível para estabelecer o caminho da extradição, e Chapo poderia ser enviado aos EUA até a metade do ano, segundo uma das fontes. No entanto, o tempo dependerá de injunções movidas pelos advogados de Guzman.

"O objetivo é atender ao pedido de extradição", disse uma fonte.

Extraditar Guzman para os EUA ajudaria a acalmar os receios de que o traficante poderia usar sua fortuna para subornar funcionários e escapar mais uma vez de uma prisão de segurança máxima mexicana.

(Por Dave Graham e Simon Gardner)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos