Tribunal do Egito rejeita recurso de Mubarak e filhos contra sentença de prisão

CAIRO (Reuters) - Um tribunal egípcio rejeitou neste sábado o recurso do ex-presidente Hosni Mubarak e de seus dois filhos sobre a sentença de três anos na prisão por corrupção, mas é pouco provável que o trio seja detido novamente pois já cumpriu a sentença.

Em maio, um tribunal egípcio sentenciou Mubarak e seus filhos a três anos na prisão em um novo julgamento de acusações de desviar recursos públicos e utilizar o dinheiro para reformar propriedades da família.

Os três terão de magar uma multa de 125 milhões de libras egípcias (15,96 milhões de dólares) e devolver 21 milhões de libras ao Tesouro. Uma fonte do Judiciário disse à Reuters que Mubarak e seus filhos haviam pagado 104 milhões de libras durante o período do julgamento.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos