Arábia Saudita acusa Irã de minar segurança regional

CAIRO (Reuters) - O ministro das Relações Exteriores da Arábia Saudita acusou neste domingo o Irã de interferir em assuntos arábes e minar a segurança regional, falando em sessão emergencial da Liga Árabe convocada para discutir as crescentes tensões entre os rivais regionais.

A crise entre o reino muçulmano sunita e o Irã, potência muçulmana xiita, ambos importantes exportadores de petróleo, começou quando a Arábia Saudita executou o clérico xiita Nimr al-Nimr em 2 de janeiro, provocando revolta entre xiitas em todo o Oriente Médio e ataques contra missões diplomáticas sauditas no Irã.

"Esses ataques claramente refletem a postura que o Irã está adotando em nossa região árabe, especificamente... com sua interferência em assuntos dos estados (da região) e instigando rusgas sectárias e prejudicando a segurança e a estabilidade", disse Jubeir.

(Reportagem de Eric Knecht)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos