Conservadores espanhóis pedem coalizão para frustrar separatistas catalães

MADRI (Reuters) - O conservador Partido Popular (PP) da Espanha reiterou neste domingo sua oferta para formar uma "grande coalizão" com os socialistas como forma de quebrar o impasse que resultou de uma inconclusiva eleição nacional no mês passado e frustrar os separatistas catalães.

A oferta seguiu acontecimentos recentes na região da Catalunha, onde os partidos pró-independência acordaram no sábado o apontamento de um novo líder. Isso abriu o caminho para a criação de um governo regional e aumentou a pressão sobre os partidos nacionais em Madri para formar uma coalizão ampla.

A Espanha tem se mantido no limbo político desde a eleição de 20 de dezembro em que o PP, que governou a Espanha nos últimos quatro anos, ganhou a maioria dos assentos, mas perdeu sua maioria parlamentar.

Uma variedade de opções de coalizão são agora possíveis, com ou sem o PP, ou uma nova eleição poderá ser convocada.

O membro sênior do PP Fernando Martinez Maillo disse neste domingo que uma grande coalizão com mais de 200 parlamentares seria a melhor resposta ao que ele chamou de desafio à soberania de Espanha.

(Por Robert Hetz)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos