Ministro saudita diz que apoio iraniano ao "terrorismo" terá oposição de países árabes

CAIRO (Reuters) - O ministro das Relações Exteriores saudita, Adel al-Jubeir, disse neste domingo em uma reunião de emergência da Liga Árabe que se o Irã continuar a apoiar "o terrorismo, o sectarismo e a violência" irá enfrentar a oposição de todos os países árabes.

A reunião foi realizada para discutir a escalada das tensões entre a Arábia Saudita, de maioria sunita, e o Irã, dominado por xiitas, que começou quando autoridades sauditas executaram o clérigo xiita Nimr al-Nimr em 2 de janeiro, causando indignação xiita em todo o Oriente Médio.

Jubeir acrescentou que um ataque subsequente na embaixada da Arábia Saudita no Irã foi o mais recente incidente em três décadas de agressão por parte do Irã. Ele disse que o Irã deveria ajudar a combater o terrorismo ao invés de apoiá-lo.

(Por Ahmed Aboul Enein)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos