Líder socialista espanhol diz que não apoiará Rajoy como premiê

MADRI (Reuters) - O líder socialista espanhol Pedro Sánchez reiterou nesta segunda-feira que não apoiará a reeleição do primeiro-ministro interino Mariano Rajoy, que defendeu uma "grande coalizão" dos socialistas com o seu Partido Popular após uma eleição inconclusiva no mês passado.

Sánchez disse ainda que não unirá forças com qualquer partido que apoie a busca da Catalunha pela separação do restante da Espanha, reduzindo as chances de uma aliança com o Podemos, que defende o direito catalão de realizar um referendo sobre a independência.

O Parlamento da Catalunha deu posse a um novo líder separatista no domingo, dando prosseguimento a busca da região pela separação do restante do país e colocando pressão sobre os políticos nacionais para chegar logo a um acordo para formar um novo governo.

(Reportagem de José Elias Rodríguez)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos