IBGE estima safra 2016 de café do Brasil em 49,7 mi sacas

SÃO PAULO (Reuters) - A safra brasileira de café em 2016 deve atingir o total de 49,7 milhões de sacas de 60 kg, um crescimento de 12,5 por cento ante o ano anterior, em recuperação após perdas por seca em anos anteriores, disse nesta terça-feira o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Segundo o IBGE, a recuperação se dá "após dois anos consecutivos de problemas climáticos", com destaque para o tempo seco e quente em São Paulo e no Sul de Minas em 2014, e para a estiagem em 2015 no Cerrado de Minas e no Espírito Santo, algumas das principais áreas produtoras da commodity no país.

A estimativa do IBGE para a produção de café arábica em 2016 é 38,3 milhões de sacas de 60 kg, o que representa uma alta de 15,6 por cento ante 2015.

Já para a produção de robusta, apesar de ter havido um recuo de 15,7 na estimativa de área plantada no país em 2016, o IBGE projeta um crescimento de 3,3 por cento na produção ante o ano passado, totalizando 11,4 milhões de sacas de 60 kg.

A previsão da safra total de café do Brasil, maior produtor e exportador global, está próxima do ponto mais alto da estimativa anunciada em dezembro pelo Conselho Nacional do Café (CNC), que variava de 47 milhões a 49 milhões de sacas.

A Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) anuncia sua primeira estimativa para a nova safra, com colheita começando nos próximos meses, em 20 de janeiro.

(Por Natália Scalzaretto)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos