Ministro da Coreia do Norte não é mais bem-vindo em Davos após teste nuclear, diz Fórum

GENEBRA (Reuters) - O ministro das Relações Exteriores da Coreia do Norte não está mais convidado a participar do Fórum Econômico Mundial, devido ao último teste nuclear realizado pelo país, anunciaram nesta quarta-feira os organizadores do encontro que acontece anualmente em Davos no final de janeiro.

Um comunicado de Davos anunciou mais cedo na quarta-feira que Ri Yong Su iria participar do evento entre 20 e 23 de janeiro no resort suíço, sendo essa a primeira vez, desde 1998, que a República Popular Democrática da Coreia iria enviar uma delegação.

Mais tarde, o membro do conselho de administração do Fórum Philipp Roesler disse em entrevista coletiva em Genebra, que a organização convidou a Coréia do Norte no ano passado, “porque naquela época haviam sinais encorajadores e convincentes de que poderia haver uma oportunidade para um diálogo global internacional”.

“Mas vimos o que aconteceu na semana passada, o teste nuclear... então, não haverá oportunidade para o diálogo global internacional no espírito do Fórum Econômico Mundial..., Portanto, não podemos manter nosso convite (à Coreia do Norte)."

(Por Tom Miles)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos