Segundo comboio de ajuda humanitária parte de Damasco para cidade síria sitiada, dizem testemunhas

  • OMAR SANADIKI

DAMASCO (Reuters) - Um comboio de dezenas de caminhonetes de ajuda humanitária partiu de Damasco nesta quinta-feira a caminho da cidade síria sitiada de Madaya, na segunda entrega nesta semana, disseram uma autoridade humanitária e uma testemunha da Reuters.

Um porta-voz do Comitê Internacional da Cruz Vermelha disse que 44 caminhões de ajuda seguiam para Madaya, onde 40 mil pessoas estão sitiadas há meses por forças do governo.

Outros 21 seguiam para dois vilarejos xiitas, Al-Foua e Kefraya, que estão cercados por rebeldes no noroeste, a cerca de 300 quilômetros de Madaya. Auxílio também foi enviado para Al-Foua e Kefraya na segunda-feira.

Uma autoridade da ONU disse à Reuters na segunda-feira que a ONU e trabalhadores de agências de ajuda humanitária viram pessoas famintas em duas áreas sitiadas na Síria, onde suprimentos foram entregues na segunda-feira.

Médicos locais disseram que algumas pessoas morreram de fome em Madaya. Ativistas da oposição disseram que dezenas de pessoas morreram devido à falta de alimentos.

Na segunda-feira, caminhões com comida e suprimentos médicos chegaram a Madaya, próximo à fronteira com o Líbano.

(Reportagem de Lisa Barrington, em Beirute, e Kinda Makieh, em Damasco)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos