Rússia quer entrada de ajuda humanitária em áreas bloqueadas por militantes na Síria

MOSCOU (Reuters) - O Ministério das Relações Exteriores da Rússia fez um apelo nesta sexta-feira para que todos os lados do conflito na Síria usem de sua influência para garantir que a ajuda humanitária chegue a áreas bloqueadas por militantes.

O ministério disse que a situação em três lugares --Madaya, Fua e Kafraya-- é fonte de especial preocupação, afirmando que estavam sitiadas ou bloqueadas por diversos grupos de militantes.

Segundo a Rússia, autoridades têm trabalhado com o governo sírio para tentar ajudar a resolver a situação e o tem incentivado a cooperar com a ONU, um esforço que produziu resultados.

(Reportagem de Jack Stubbs)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos