Suspeitos de serem militantes islâmicos fazem reféns em hotel de Burkina Fasso

UAGADUGU (Reuters) - Suspeitos de serem combatentes islâmicos fizeram um número desconhecido de pessoas reféns depois de atacarem um hotel-cassino na capital de Burkina Fasso, Uagadugu, no final da sexta-feira, disse uma autoridade de alto escalão da polícia nacional.

"Está acontecendo neste momento. Estamos tentando saber quantos agressores são para melhor coordenar nossas ações. Foram feitos reféns. A operação pode levar várias horas", disse a autoridade, que pediu para não ter seu nome revelado.

(Reportagem de Nadoun Coulibaly)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos