Tropas israelenses matam dois palestinos em confronto com apedrejamento em Gaza

GAZA (Reuters) - Soldados israelenses atiraram e mataram dois palestinos em um confronto com apedrejamento próximo à fronteira de Gaza nesta sexta-feira, disse uma autoridade médica palestina.

Uma porta-voz militar israelense disse que dezenas de palestinos causaram um tumulto na área e que alguns tentaram atravessar a fronteira com Israel. Ela disse que soldados fizeram disparos de advertência para o alto antes de atirar nas pessoas através da cerca.

O porta-voz do Ministério da Saúde de Gaza, Ashraf Al-Qidra, disse que os dois homens que foram mortos, um de 18 anos e o outro de 26 anos, estavam atirando pedras ao lado de dezenas de outras pessoas perto da fronteira.

Desde o início de outubro, ao menos 147 palestinos foram mortos pelas forças israelenses, 93 deles ao tentarem atacar israelenses, de acordo com autoridades de Israel. A maioria dos demais foram mortos em conflitos com as forças de segurança israelenses.

No mesmo período, ataques de palestinos com facas, armas e carros mataram 24 israelenses e um cidadão norte-americano.

A onda de ataques desse tipo tem sido alimentada pela frustração dos palestinos pelo colapso das negociações de paz, pelo aumento de assentamentos judeus em terras que os palestinos querem para um futuro Estado e por pedidos de extremistas islâmicos pela destruição de Israel.

O que também tem atraído mais violência é a oposição muçulmana ao aumento de visitas israelenses ao complexo da mesquita al-Aqsa em Jerusalém, um dos locais mais sagrados do Islã e reverenciado no judaísmo como o local de dois templos bíblicos.

(Reportagem de Nidal al-Mughrabi e Maayan Lubell)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos