Governo dos EUA acusa dois homens na Virginia de tentar se juntar ao Estado Islâmico

WASHINGTON (Reuters) - Dois homens do Estado da Virginia foram acusados de crimes de terrorismo relacionados com tentativa de viajar para a Síria e juntar-se ao Estado Islâmico, disse o Departamento de Justiça neste sábado.

Joseph Hassan Farrokh, de 28 anos, foi preso na sexta-feira no aeroporto internacional de Richmond, na Virginia, enquanto tentava embarcar para Chicago, informou o Departamento de Justiça.

De Chicago, diz a nota do governo dos EUA, Farrokh planejava viajar para Amman, na Jordânia, tendo a Síria como último destino.

Mahmoud Amin Mohamed Elhassan, de 25 anos, foi preso após levar Farrokh ao aeroporto.

(Reportagem de Idrees Ali)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos