ONU espera acordo sobre representantes da oposição para convocar diálogo sobre Síria

Por Louis Charbonneau

NAÇÕES UNIDAS (Reuters) - A Organização das Nações Unidas disse nesta segunda-feira que não vai enviar os convites para as negociações de paz entre o governo e a oposição da Síria, previstas para começarem no dia 25 de janeiro, até que potências envolvidas no processo de paz chegassem a um acordo sobre quais representantes rebeldes deveriam comparecer.

"Neste estágio, as Nações Unidas vão proceder com o envio dos convites quando os países liderando o processo do ISSG (Grupo Internacional de Apoio à Síria) cheguem a um entendimento sobre quem na oposição deve ser convidado”, afirmou Farhan Haq, porta-voz da ONU.

Os países que estão conduzindo a iniciativa diplomática relacionada à Síria incluem os Estados Unidos, a Rússia, outras forças europeias e do Oriente Médio, incluindo os rivais Irã e Arábia Saudita.

Diplomatas da ONU dizem que parece cada vez mais provável que as negociações mediadas pela organização entre o governo e a oposição sofram atraso.

"Atraso parece provável”, disse uma fonte diplomática à Reuters.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos