Confronto entre Exército sírio e Estado Islâmico deixa dezenas de mortos, dizem monitores

BEIRUTE (Reuters) - O grupo de monitoramento Observatório Sírio para os Direitos Humanos disse que vários membros das forças de segurança do governo sírio foram mortos em três dias de confronto com o Estado Islâmico no leste do país, onde os jihadistas têm atacado áreas controladas pelo governo.

Autoridades sírias não puderam ser contactadas para comentar a respeito.

O Observatório, com sede na Grã-Bretanha, disse que 120 homens das forças sírias e 70 combatentes do Estado Islâmico foram mortos em confrontos desde sábado.

A agência de notícias oficial da Síria, a Sana, disse na segunda-feira que as forças do governo tinham recapturado áreas residenciais ocupadas pelo Estado Islâmico em Begayliya, perto da cidade de Deir al Zor, e matado vários militantes.

(Reportagem de John Davison)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos