Draghi diz que BCE está determinado e disposto a agir

  • RUBEN SPRICH

Por Noah Barkin e Paul Taylor

DAVOS, Suíça (Reuters) - O presidente do Banco Central Europeu (BCE), Mario Draghi, afirmou nesta sexta-feira que o banco tem bastante instrumentos à sua disposição para elevar a inflação e que está determinado e disposto a agir para cumprir seu mandato.

"Temos bastante instrumentos... e especialmente temos a determinação e disposição e competência do Conselho para agir e usar esses instrumentos", disse Draghi no Fórum Econômico Mundial em Davos.

O presidente do BCE disse que a perspectiva de uma gradual recuperação econômica na zona do euro não mudou e que é provável que ela seja sustentada pelo aumento dos gastos governamentais com a absorção dos refugiados. Ainda assim, a perspectiva para a inflação ainda está bem abaixo da meta do banco de abaixo mas perto de 2 por cento.

Draghi sinalizou na quinta-feira, após o Conselho do banco deixar as taxas de juros inalteradas, que é provável mais afrouxamento da política monetária em março, dizendo em uma entrevista à imprensa que o Conselho é unânime em sua determinação de agir.

Questionado em Davos sobre a deterioração do mercado financeiro desde o começo do ano, ele descreveu como sendo "vibrações do mercado" e disse que é prematuro dizer que a perspectiva econômica global piorou como consequência.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos