Tesouro cria comitê para ajudar na gestão da dívida pública federal

BRASÍLIA (Reuters) - A Secretaria do Tesouro Nacional criou o Comitê de Gerenciamento da Dívida Pública Federal (Coged) para dar apoio ao planejamento de curto, médio e longo prazo da dívida pública federal, conforme nota divulgada nesta sexta-feira pelo ministério da Fazenda.

Segundo a pasta, a medida entra no escopo de iniciativas voltadas à ampliação da transparência e aperfeiçoamento da governança e conformidade de processos no Tesouro, reafirmando seu compromisso com a sustentabilidade da dívida pública.

Em relação à gestão da dívida, o Tesouro atua para suprir as necessidades de financiamento do governo ao menor custo no longo prazo, observando a manutenção de níveis prudentes de riscos e buscando também o bom funcionamento do mercado brasileiro de títulos públicos.

O Coged realizará reuniões mensais para estabelecer a estratégia de operações da dívida pública federal, sendo que deverá apresentar ao Tesouro até o dia 31 de outubro de cada ano uma proposta de estrutura desejada da dívida no longo prazo. Até 30 de dezembro, definirá o cronograma anual de leilões da dívida pública mobiliária federal interna, entre outras atribuições.

A criação do Coged foi instituída em portaria publicada no Diário Oficial da União nesta sexta-feira.

(Por Marcela Ayres)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos