Alemanha quer ampliar controles em fronteiras na área de Schengen, diz jornal

BERLIM (Reuters) - Um grupo de países da União Europeia, incluindo a Alemanha, está pressionando por uma extensão dos controles nas fronteiras na zona livre para viagens de Schengen, a fim de ajudar a lidar com a crise migratória da Europa, disse o jornal Welt am Sonntag.

Em uma prévia da edição de domingo, o jornal disse que Áustria, Bélgica, Suécia e Dinamarca também estavam entre aqueles pressionando para a extensão dos controles em fronteiras selecionadas da área de Schengen.

A iniciativa será discutido em uma reunião de ministros do Interior da UE em Amsterdã na segunda-feira, segundo o jornal.

Se for bem sucedida, ela permitiria que a Alemanha prolongue seus controles de fronteiras, que expiram em maio, por mais um ano ou um ano e meio.

Mais de um milhão de pessoas chegaram à Europa no ano passado, principalmente fugindo da guerra e da pobreza no Oriente Médio e norte da África, e os números mostram poucos sinais de arrefecimento.

Seis membros de Schengen, incluindo Alemanha e outros quatro países da UE, reestabeleceram controles de fronteira temporários no espaço que não exige uso de passaporte.

(Por Paul Carrel)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos