Ataques suicidas deixam 25 mortos no norte de Camarões

DOUALA, Camarões (Reuters) - Quatro homens-bomba mataram cerca de 25 pessoas em uma vilarejo no extremo norte da República de Camarões nesta segunda-feira, informou uma autoridade local, no ataque mais letal de uma série recente de atentados em uma área assolada por episódios de violência ligados ao grupo islâmico Boko Haram.

Dois suicidas atacaram o mercado central de Bodo, enquanto outros visaram a principal entrada da cidade e suas saídas, disse a autoridade.

"Houve um atentado suicida quádruplo no vilarejo de Bodo nesta manhã. Há cerca de 25 mortos e vários feridos", relatou o funcionário. Ninguém assumiu responsabilidade pelas ações de imediato.

Soldados camaroneses formam parte do contingente da força regional de 8.700 efetivos criada para derrotar o Boko Haram, que há seis anos luta para criar um califado no nordeste da Nigéria.

O Boko Haram intensificou seus ataques fora da Nigéria no ano passado, atacando em Camarões, no Chade e em Níger e ameaçando a segurança regional.

(Por Josiane Kouagheu)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos