Ação do FBI contra manifestantes armados tem um morto e diversos presos no Oregon

Por Curtis Skinner e Dan Whitcomb

(Reuters) - Um manifestante foi morto a tiros e outros oito foram presos na terça-feira, quando as forças de segurança dos Estados Unidos enfrentaram os membros de um grupo armado que há um mês ocupava uma reserva natural federal no Estado do Oregon, disseram ativistas e autoridades.

O FBI disse que os tiros foram disparados depois que o policiais interceptaram o carro que transportava o líder dos manifestantes, Ammon Bundy, e outras pessoas perto do Refúgio Nacional da Vida Selvagem Malheur. Os ativistas disseram que Robert LaVoy Finicum, um rancheiro que atuava como porta-voz do grupo, foi morto.

Na terça-feira à noite, agentes do FBI estabeleciam um perímetro de segurança em torno do refúgio natural, onde algumas pessoas ainda resistiam e continuavam a protestar contra o controle federal de grandes áreas dos EUA, disse um agente policial à Reuters.

Um dos ocupantes que continua no local, Jason Patrick, disse à Reuters por telefone que eles iriam permanecer até a “reparação das queixas”.

“Ouvi sobre uma ‘resolução pacífica’ por semanas e agora tem um caubói que era meu amigo e está morto – então preparem-se para a resolução pacífica”, disse Patrick.

A ocupação da reserva de Malheur começou em 2 de janeiro e foi uma intensificação da chamada Rebelião Sagebrush, um conflito de décadas em torno do controle federal sobre milhões de hectares de território no oeste dos EUA. Os manifestantes alegam defender a constituição.

As autoridades federais afirmaram ter razões plausíveis para prender Finicum, que disse neste mês ao canal NBC News preferir morrer a ser preso.

O líder dos manifestantes, Ammon Bundy, e outros membros veteranos do grupo foram detidos após o confronto ocorrido ao longo da rodovia 395, perto da reserva no Oregon, em torno das 4h25 no horário local, disse o FBI.

(Reportagem de Curtis Skinner, em São Francisco, e Dan Whitcomb, em Los Angeles; Reportagem adicional de Julia Edwards, em Washington, Jonathan Allen, em Nova York, e Victoria Cavaliere, em Los Angeles)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos