Alemanha reduz projeção de crescimento em 2016 para 1,7%

BERLIM (Reuters) - A Alemanha reduziu sua estimativa de crescimento econômico em 2016 para 1,7 por cento ante 1,8 por cento anteriormente, informou o governo nesta quarta-feira, uma vez que a desaceleração econômica nos mercados emergentes afeta os exportadores da maior economia da Europa.

O governo afirmou que o forte consumo privado deve liderar o crescimento este ano e Berlim conseguirá manter o orçamento federal equilibrado em 2016 apesar de gastos estatais mais altos em infraestrutura e com refugiados.

"A economia alemã está em boa forma", disse o governo, acrescentando que a proporção da dívida pública cairá abaixo de 70 por cento do PIB em 2016 pela primeira vez em anos.

(Reportagem de Michael Nienaber)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos