Navio de guerra norte-americano navega perto de ilha reivindicada por chineses no Mar do Sul da China

Por Phil Stewart

WASHINGTON (Reuters) - Um destruidor de mísseis guiados da marinha norte-americana navegou a 12 milhas náuticas de uma ilha reivindicada pela China e dois outros países no Mar do Sul da China neste sábado, em um operação que o Pentágono diz ter o objetivo de desafiar os esforços de restringir a liberdade de navegação.

A China reivindica a maior parte do Mar do Sul da China, através do qual mais de 5 trilhões de dólares do comércio mundial são enviados todo ano. Vietnã, Malásia, Brunei, as Filipinas e Taiwan também reivindicam as águas.

O porta-voz do Pentágono Capitão Jeff Davis disse que nenhum navio do exército chinês estava nas vizinhanças do USS Curtis Wilbur quando ele passou perto da Ilha de Triton, no arquipélago de Paracel.

"Essa operação desafia as tentativas de três reclamantes - China, Taiwan e Vietnã - de restringir os direitos e as liberdades de navegação", disse David, refletindo a posição dos Estados unidos de que a rota marítima crucial deva ser tratada como água internacional.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos