Explosões na capital síria matam pelo menos 45 pessoas

AMÃ/BEIRUTE (Reuters) - Pelo menos 45 pessoas foram mortas e 110 ficaram feridas neste domingo em explosões com um carro-bomba e dois homens-bomba suicidas no distrito de Sayeda Zeinab na capital síria Damasco, onde está localizado o mais sagrado santuário xiita, informou o Ministério do Interior sírio.

Os fundamentalistas sunitas do Estado Islâmico assumiram a responsabilidade pelos ataques, de acordo com a Amaq, uma agência de notícias que apoia o grupo. Ela disse que duas operações de "atingiram reduto mais importante de milícias xiitas em Damasco".

Imagens da televisão estatal mostraram edifícios queimando e destroços de carros, mas nenhum detalhe adicional foi dado.

A agência de notícias estatal síria SANA, citando uma fonte do Ministério do Interior, disse que um grupo de militantes havia detonado um carro-bomba perto de uma garagem de transporte público na área do bairro Koua Sudan.

Dois homens-bomba, então, detonaram seus explosivos perto como de onde as pessoas estavam sendo resgatadas.

"Os corpos ainda estavam sendo retirados dos destroços", disse uma testemunha ao canal de notícias estatal Ekhbariya.

A área densamente povoada no sul da cidade é um local de peregrinação para os xiitas do Irã, Líbano e outras partes do mundo muçulmano.

O premiê sírio, Wael al-Halaki, foi citado dizendo que os ataques foram planejados por "grupos terroristas" que tentavam "levantar a moral, após uma série de derrotas" pelo exército.

A Organização das Nações Unidas (ONU) disse que está se preparando para seis meses de negociações, primeiro buscando um cessar-fogo e, posteriormente, trabalhar em direção a uma solução política para a Síria.

O conflito de quase cinco anos já matou mais de 250.000 pessoas, expulsando mais de 10 milhões de suas casas.

(Reportagem de Laila Bassam)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos