Sanofi lança projeto para vacina contra Zika vírus

Por Dominique Vidalon e Ben Hirschler

PARIS/LONDRES (Reuters) - A Sanofi lançou um projeto para desenvolver uma vacina contra o Zika vírus no comprometimento mais decisivo até o momento de um grande fabricante de vacinas para lutar contra a doença ligada a casos de má-formação cerebral no Brasil.

A fabricante de medicamentos francesa disse nesta terça-feira que sua divisão de vacinas Sanofi Pasteur usaria sua expertise para desenvolver vacinas para vírus similares como febre amarela, encefalite japonesa e mais recentemente, dengue.

O movimento ocorre um dia depois de a Organização Mundial de Saúde (OMS) declarar que o Zika vírus é uma emergência de saúde pública internacional devido à sua ligação com microcefalia em alguns bebês. "A Sanofi Pasteur está respondendo à convocação global de ação para desenvolver uma vacina contra o Zika dado o rápido avanço da doença e possíveis complicações médicas", disse o chefe de pesquisa da Sanofi Pasteur, Nicholas Jackson, que está liderando um projeto de vacina contra o Zika. A Sanofi acredita que sua pesquisa e infraestrutura industrial estabelecidas para sua nova vacina contra dengue licenciada recentemente pode ajudar a acelerar a identificação de uma candidata a vacina contra o Zika vírus.

Até o momento, os únicos grupos com planos firmes para desenvolver uma vacina contra o Zika são pequenas companhias de biotecnologia e instituições acadêmicas, embora a GlaxoSmithKline já tenha dito que está concluindo estudos de viabilidade para avaliar se sua tecnologia de vacina é adequada.

Atualmente, não há vacina ou tratamento contra o Zika vírus, uma vez que a doença até recentemente não era uma preocupação de saúde pública séria.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos