Polícia alemã prende suspeitos de possível ataque do Estado Islâmico

BERLIM (Reuters) - Forças alemãs prenderam nesta quinta-feira dois homens suspeitos de ligação com militantes do Estado Islâmico que preparavam um atentado contra a capital da Alemanha, disseram policiais e promotores, em meio a temores de mais um ataque mortífero em solo europeu.

Policiais e membros de forças especiais fizeram operações em quatro apartamentos e dois escritórios em Berlim e em propriedades na Renânia do Norte-Vestfália e na Baixa Saxônia, no norte do país.

"Especificamente, (as batidas) dizem respeito a possíveis planos de um ataque na Alemanha, e mais especificamente em Berlim", disse Martin Steltner, porta-voz da promotoria berlinense, à Reuters TV.

    O porta-voz da polícia de Berlim, Stefan Redlich, afirmou que as autoridades estão investigando quatro homens argelinos. A polícia deteve dois homens e uma mulher.

    "Nosso entendimento é que os quatro homens acusados podem ter planejado realizar tal ataque juntos", declarou Steltner.

    A mídia alemã relatou que marcos do centro de Berlim e as atrações turísticas Checkpoint Charlie e Alexanderplatz são alvos.

    Redlich disse que os suspeitos detidos na capital trabalhavam nestes dois locais e que buscas foram feitas em ambos, mas não pôde confirmar se são alvos.

(Por Oliver Ellrodt e Caroline Copley)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos