OMS deve fazer reforma agora ou deixará milhares de vidas em risco, diz painel da ONU

LONDRES (Reuters) - Os meios de resposta da Organização Mundial de Saúde (OMS) a emergências são escassos e colocarão milhares de vida em risco se não houver uma reforma agora, disse um painel da ONU convocado após a crise de Ebola.

"Esta pode ser a última oportunidade para garantir que a OMS esteja fortalecida" para montar uma capacidade eficaz de resposta a emergências, alertou o grupo, segundo uma cópia não editada de um relatório disponibilizado no fim de semana em um link de um site da Organização das Nações Unidas (ONU).

"O alto risco de crises graves de saúde é amplamente subestimado e... a preparação de capacidade de resposta é desafortunamente insuficiente", diz o relatório.

"Se a OMS não passar por uma reforma bem-sucedida, a próxima grande pandemia vai causar milhares de mortes que poderiam ser evitadas."

(Reportagem de Kate Kelland)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos