União Europeia diz à Grécia que arrume fronteira, sinaliza suspensão de livre trânsito

BRUXELAS (Reuters) - A União Europeia fez um apelo formal à Grécia nesta sexta-feira para que resolva as brechas em sua parte da fronteira da área de Schengen, um movimento sinalizando a suspensão de longo prazo de regras de fronteira aberta na Europa devido à crise migratória.

Uma fonte da União Europeia afirmou que a votação em um conselho ministerial da EU aprovou a medida, apesar da oposição de Atenas. Isso dá à Grécia três meses para implementar 50 recomendações para tornar mais rigorosas as checagens nas fronteiras.

A decisão pode disparar uma ativação sem precedentes de regras que permitam aos Estados-membros a reimposição de controles nas fronteiras internas da Área de Schengen por até dois anos.

Autoridades da UE e diplomatas afirmam que a medida não pretende isolar nem estigmatizar a Grécia, mas sim garantir que os controles na Europa, incluindo entre Alemanha e Áustria, possam ser mantidos sem que se desrespeite a lei.

(Reportagem de Alastair Macdonald)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos