Terremotos de magnitude 5,1 e 3,9 atingem Oklahoma, nos EUA

(Reuters) - Dois terremotos, um de magnitude 5,1 e outro de 3,9, atingiram o norte de Oklahoma na manhã deste sábado e foram sentidos na maior parte do Estado norte-americano, embora nenhum dano tenha sido imediatamente relatado, informaram o Serviço Geológico dos Estados Unidos (USGS, na sigla em inglês) e a mídia local.

Ambos os tremores tiveram seu epicentro cerca de 153 km a noroeste de Oklahoma City. O primeiro terremoto ocorreu às pouco depois das 11h pelo horário local (14h pelo horário de Brasília), e o segundo foi registrado cerca de 10 minutos depois, disse o USGS.

O tremor mais forte foi "provavelmente o segundo mais forte em Oklahoma e o mais forte nessa área em geral", disse John Bellini, geofísico no Centro de Informações sobre Terremotos do USGS.

Bellini disse que o tremor mais forte anterior em Oklahoma ocorreu em 2011, com magnitude 5,6. Não se sabe se o terremoto deste sábado teve relação com atividades petrolíferas, acrescentou ele.

O primeiro tremor foi sentido por toda região central e no norte de Oklahoma, noticiou o canal de TV News On 6, da cidade de Tulsa, acrescentando que nenhum dano ou vítima foram relatados.  

O Oklahoma tem observado aumento significativo na atividade sísmica nos últimos anos, que segundo os especialistas pode estar relacionada a atividades petrolíferas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos