Papa celebra indígenas mexicanos: 'mundo precisa de vocês'

SAN CRISTÓBAL DE LAS CASAS, México (Reuters) - O papa Francisco acolheu o sul pobre e indígena mexicano nesta segunda-feira, denunciando a exclusão “sistêmica” das pessoas da sociedade e estimulando o uso de línguas nativas em celebrações católicas, numa tentativa de conter a onda de conversões ao protestantismo.

A região, mergulhada em pobreza e atingida por crescente insegurança, tem ficado bem atrás de outras partes do México em termos econômicos.

Pregando para uma audiência lotada num centro esportivo no estado de Chiapas, o papa citou Popol Vuh, um texto maia sagrado, e fez comparações entre valores católicos e indígenas.

"O mundo de hoje, assolado como está por uma cultura descartável, precisa de vocês!”, disse ele, quando celebrava uma missa que incluía leituras da Bíblia em línguas nativas, se referindo à multidão majoritariamente indígena que o saudava.

"Vocês têm muito para nos ensinar”, declarou o papa, celebrando as populações nativas do México, enquanto denunciava “a maneira sistêmica e organizada com que essas pessoas têm sido incompreendidas e excluídas da sociedade”.

Ele rezou a missa num cenário hollywoodiano em frente a uma réplica da fachada da principal catedral da cidade na era colonial.

(Por Philip Pullella e Joanna Zuckerman Bernstein)pope

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos