Quatro jornalistas norte-americanos são detidos no Barein

DUBAI/WASHINGTON (Reuters) - Uma jornalista norte-americana e três integrantes de sua equipe foram detidos no Barein, no domingo, afirmou o grupo Repórteres Sem Fronteiras nesta segunda-feira, pedindo que o Barein liberte os quatro cidadãos norte-americanos "rapidamente e sem ferimentos".

Em um comunicado, o grupo descreveu Anna Day e seus três colegas como jornalistas experientes, que trabalharam recentemente em documentários no Egito e em Gaza.

A polícia do Barein informou anteriormente que havia detido quatro cidadãos estrangeiros. O Ministério do Interior do Barein disse em um comunicado que os quatro eram "suspeitos de crimes, incluindo entrar no Barein ilegalmente, tendo fornecido informações falsas ao pessoal de fronteira, e de participar de uma reunião ilegal".

O Departamento de Estado dos EUA afirmou que estava ciente dos relatos de que cidadãos norte-americanos haviam sido presos, mas não quis fazer mais comentários.

Um representante da família de Anna Day rejeitou qualquer sugestão de que os quatro estavam envolvidos em qualquer comportamento ilegal ou atividades não-jornalísticas.

(Reportagem de Sami Aboudi em Dubai e Andrea Shalal em Washington)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos