Comboios de ajuda humanitária irão a áreas sitiadas da Síria, diz Crescente Vermelho

  • OMAR SANADIKI

BEIRUTE (Reuters) - Pelo menos 100 caminhões de ajuda humanitária estão sendo preparados para partir de Damasco rumo a áreas sitiadas da Síria nesta quarta-feira, informou o Crescente Vermelho do país, a remessa mais recente de suprimentos para moradores presos no fogo cruzado do conflito.

O governo sírio liberou o acesso a sete áreas cercadas, disse a Organização das Nações Unidas (ONU) depois das conversas sobre a crise em Damasco na terça-feira, uma semana antes da retomada já agendada das conversações de paz entre as partes em conflito no país.

As remessas aéreas seguirão nesta quarta-feira para as cidades de Madaya, Zabadani e Mouadamiya al-Sham, próximas de Damasco, e para os vilarejos de Al-Foua e Kefraya, na província de Idlib, no noroeste sírio --cinco das localidades citadas pela ONU, afirmou o porta-voz do Crescente Vermelho.

Entre os suprimentos estão trigo e alimentos energéticos. Uma equipe médica irá entrar em Al-Foua e Kefraya, disse o porta-voz.

O Crescente Vermelho sírio está coordenando as remessas aéreas com a ONU, que exigiu acesso irrestrito a todas as áreas sitiadas do país, onde afirma que centenas de milhares de pessoas são reféns dos combates e dos bloqueios deliberados dos vários participantes da guerra civil.

Em Madaya, dezenas de pessoas morreram de fome depois de meses de cerco de forças governamentais e seus aliados.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos