Venezuela desvaloriza moeda em 37% e sobe preço da gasolina

CARACAS (Reuters) - A Venezuela desvalorizou nesta quarta-feira o tipo de câmbio mais forte de sua moeda em 37 por cento, a 10 bolívares por dólar, disse o presidente venezuelano, Nicolás Maduro.

Como parte da reestruturação cambial, o presidente socialista disse que o país produtor de petróleo passará a ter um sistema de câmbio duplo, em comparação com os três tipos atuais.

Maduro também anunciou que seu governo está elevando o preço da gasolina pela primeira vez em cerca de 20 anos como parte das medidas econômicas que estão sendo adotadas pelo país, membro da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep), e que enfrenta uma dura recessão econômica.

O presidente venezuelano disse que o preço da gasolina de 91 octanos subirá 1.329 por cento, para 1 bolívar, contra 0,07 bolívar anteriormente, enquanto a gasolina de 95 octanos será elevada em 6.089 por cento, para 6 bolívares, ante 0,097 bolívar anteriormente.

"Essa é uma medida necessária, uma ação necessária para equilibrar as coisas. Assumo responsabilidade por isso", disse Maduro durante discurso que levou horas ao lado de membros de seu gabinete, e que foi televisionado.

(Reportagem de Eyanir Chinea e Corina Pons)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos