Antes de visita de Obama, Cuba diz estar pronta para discutir direitos humanos

Daniel Trotta

Em Havana

  • Josefina Vidal, diretora para assuntos ligados aos EUA no Ministério das Relações Exteriores em Cuba

    Josefina Vidal, diretora para assuntos ligados aos EUA no Ministério das Relações Exteriores em Cuba

Cuba está disposta a conversar com os Estados Unidos sobre qualquer assunto, incluindo os direitos humanos, afirmou Josefina Vidal, diretora de assuntos norte-americanos para o Ministério das Relações Exteriores de Cuba, nesta quinta-feira (18), referindo-se a uma visita histórica do presidente dos EUA, Barack Obama, anunciada para março.

"Cuba está aberta para falar com o governo dos Estados Unidos sobre qualquer assunto, incluindo os direitos humanos", disse ela a repórteres após a Casa Branca afirmar que Obama vai viajar para Cuba em 21 e 22 de março, a primeira visita de um presidente norte-americano à ilha em quase 90 anos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos