Seis pessoas morrem em tiroteio aleatório nos EUA, suspeito está preso

(Reuters) - Seis pessoas foram mortas e duas foram feridas na noite de sábado no Estado norte-americano de Michigan, em uma série de tiroteios aparentemente aleatórios, de acordo com autoridades do condado de Kalamazoo.

O suspeito, Jason Dalton, 45, abriu fogo no final do sábado contra um condomínio residencial, uma concessionária de veículos e um restaurante ao longo de pouco menos de quatro horas, afirmou a polícia do condado neste domingo.

Uma menina de 14 anos que tinha sido citada como alvo de disparos no restaurante e que teria morrido pouco depois, na verdade está ferida gravemente, afirmou um promotor.

Dalton está sob custódia da polícia e estava calmo quando foi preso no centro de Kalamazoo, afirmaram autoridades.

"As vítimas foram selecionadas aleatoriamente", disse a polícia, afirmando que os disparos foram intencionais, mas sem citar o motivo.

Uma pistola semiautomática foi encontrada dentro do veículo de Dalton. A polícia afirmou que ele não tem registro criminal.

A polícia afirmou que um vídeo de câmera de vigilância permitiu a descrição do veículo de Dalton. As vítimas não foram identificadas.

A carnificina começou no início da noite de sábado, quando a polícia recebeu o primeiro chamado em um prédio de Kalamazoo, onde uma mulher havia sido baleada.

Horas depois, a polícia foi chamada à concessionária, onde duas pessoas foram baleadas e mortas e uma terceira ficou ferida. 

Mais quatro vítimas foram mortas cerca de quinze minutos depois no estacionamento do restaurante, onde Dalton abriu fogo contra pessoas em seus carros após uma breve conversa, disse a polícia.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos