China diz que vai manter crescimento econômico em 2016 dentro de faixa razoável

PEQUIM (Reuters) - Os principais líderes chineses prometeram nesta segunda-feira manter o crescimento econômico dentro de uma faixa razoável neste ano, informou a rádio estatal após reunião do Politburo encabeçada pelo presidente do país, Xi Jinping.

A China vai manter a política fiscal proativa e a política monetária prudente, disse o Politburo, o principal órgão decisório do Partido Comunista da China, segundo a rádio estatal.

Os líderes chineses devem colocar uma meta de crescimento em uma faixa de 6,5 por cento a 7 por cento este ano, disseram fontes familiarizadas com o assunto, definindo uma faixa pela primeira vez porque as autoridades mostram incerteza com as perspectivas econômicas.

A segunda maior economia do mundo cresceu 6,9 por cento em 2015, o ritmo mais fraco em 25 anos, apesar de alguns economistas acreditarem que o crescimento real tenha sido ainda menor.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos