China diz que expansão do consumo continuará rápida em 2016

PEQUIM (Reuters) - O consumo na China continuará a crescer a um ritmo rápido em 2016, afirmou nesta terça-feira o ministro do Comércio, Gao Hucheng, em entrevista à imprensa.

A desaceleração econômica da China tem agitado os mercados financeiros no momento em que o país busca reequilibrar sua economia para uma expansão mais voltada ao consumo, ante a atual dependência das exportações e investimentos.

O consumo respondeu por 66,4 por cento do crescimento do PIB da China em 2015, disse a agência de estatísticas em janeiro.

As recentes flutuações do iuan não irão impactar o desempenho comercial, disse ainda Gao, acrescentando que nem a depreciação nem a apreciação da moeda beneficiaria o comércio da China.

O iuan caiu mais 3 por cento contra o dólar depois que a China desvalorizou sua moeda em quase 2 por cento no dia 11 de agosto.

(Reportagem de Xiaoyi Shao, Sue-Lin Wong e Kevin Yao)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos