Forças curdas resgatam adolescente sueca capturada pelo Estado Islâmico

Por Isabel Coles

ERBIL, Iraque (Reuters) - Uma adolescente sueca que estava nas mãos de militantes do Estado Islâmico no Iraque foi resgatada durante uma operação de forças especiais curdas na semana passada, informou o conselho de segurança da região autônoma curda nesta terça-feira.

A jovem de 16 anos viajou da Suécia para a Síria no ano passado e mais tarde entrou no Iraque, onde foi resgatada pelo departamento de contra-terrorismo curdo perto do bastião do Estado Islâmico em Mosul no dia 17 de fevereiro, disse o conselho de segurança em comunicado.

O conselho de segurança curdo identificou a jovem resgatada como uma moradora da cidade sueca de Boras, e disse que ela foi "induzida" por um membro do Estado Islâmico na Suécia a fazer a jornada para a Síria.

"O Conselho de Segurança da Região do Curdistão foi procurado pelas autoridades suecas e por seus familiares para assistir na sua localização e no seu resgate do Estado Islâmico", disse a nota.

Atualmente a adolescente está no Curdistão e será entregue às autoridades suecas para poder voltar para casa assim que os arranjos necessários tiverem sido feitos, acrescentou o texto.

Serviços de segurança estimam que centenas de homens e mulheres ocidentais saíram de casa para cerrar as fileiras do grupo sunita radical desde que os militantes ocuparam grandes porções do Iraque e da Síria em junho de 2014.

No início deste mês, uma mãe que levou o filho de 14 meses à Síria para se juntar aos combatentes foi condenada por um tribunal britânico a seis anos de prisão. 

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos