Moderados obtém ganhos em eleições no Irã, mostram resultados não oficiais

TEERÃ (Reuters) - Moderados e reformistas que apoiam o presidente iraniano Hassan Rouhani parecem ter marcado forte presença nas eleições que podem acelerar ou retardar a abertura para o mundo do Irã após o fim das sanções contra o país, de acordo com resultados não oficiais na manhã deste sábado.

Dezenas de milhões de pessoas se aglomeraram em estações de voto na sexta-feira para votar para o Parlamento e a Assembleia de Peritos em uma votação vista por analistas como um potencial ponto de virada para o Irã, onde cerca de 60 por cento da população de 80 milhões é menor de 30 anos.

Funcionários do Ministério do Interior disseram que a contagem dos votos em Teerã e outras cidades ainda não era final, mas os resultados preliminares levados a cabo pelas agências semi-oficial Fars e Mehr News indicaram que reformistas e independentes ligados a eles estavam liderando até o momento contra a linha dura em várias cidades.

Mesmo que os reformistas não emerjam com uma maioria na legislatura de 290 assentos, dominada desde 2004 pelo conservadores anti-ocidentais, analistas dizem que eles vão assegurar uma presença maior do que nas eleições passadas.

(Por Samia Nakhoul)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos